elEconomista.es
Brasil
37.362,92
-1,76%
4,1855
-0,01%
47,77
+7,28%
1.476,00
+0,04%

Cobertura de estádio da Copa do Mundo desaba e mata operários

elEconomista America - 13:04 - 27/11/2013
comentarios
    tagsMás noticias sobre:
    Imagem do estádio Itaquerão depois do acidente

    Parte da cobertura do estádio do Corinthians, que está sendo construído em Itaquera, São Paulo, desabou de um guindaste por volta das 12h50 desta quarta-feira (27). O acidente destruiu um pedaço da arquibancada da arena indicada pela Fifa para receber o jogo de abertura da Copa do Mundo no Brasil.

    Operário: horário de almoço foi o que evitou tragédia maior na Arena Corinthians
    Vídeo: imagens mostram destruição de estádio da Copa depois do desabamento
    Pelo Twitter, autoridades da Fifa se manifestam sobre tragédia na Arena Corinthians

    Segundo informações publicadas pelo portal G1, duas mortes foram confirmadas pelo Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar. Inicialmente, os bombeiros haviam falado em três corpos. A Odebrecht, responsável pela obra, afirmou que se trata dos funcionários Fábio Luiz Pereira, de 42 anos, motorista e operador de Munck da empresa BHM, e Ronaldo Oliveira dos Santos, 44 anos, montador da empresa Conecta.

    Os bombeiros informaram ainda que quatro carros foram enviados ao local, além do helicóptero Águia da Polícia Militar.

    O major Mauro Lopes, chefe da divisão de imprensa da Polícia Militar, disse em entrevista ao vivo no canal Sportv, que o corpo de bombeiros atuou de forma emergencial ao ser acionado e ainda está verificando a existência de mais vítimas.

    "Depois de atender a emergências, os bombeiros farão uma vistoria técnica para verificar o risco de queda de outras estruturas. Findada esta parte, acontecerá uma investigação. A polícia militar deve acionar a autoridade policial da região, ou seja, o distrito policial ao qual está submetida a área. Depois haverá uma pericia da policia técnica científica e uma vistoria da prefeitura", disse Lopes.

    Corinthians se pronuncia

    O clube de futebol Corinthians, detentor do estádio, se pronunciou sobre o acidente com uma nota oficial. "A diretoria do Sport Club Corinthians Paulista vem a público lamentar profundamente o acidente ocorrido há pouco na Arena Corinthians", diz a nota. O clube ainda afirmou que não há mais informações sobre outras vítimas no momento.

    Inauguração

    O estádio deveria receber sua primeira partida antes do acidente no dia 25 de janeiro, aniversário da cidade de São Paulo, mas a disputa não seria travada entre times oficiais e sim entre funcionários da Odebrecht e do clube Corinthians.

    Além do jogo de abertura da Copa do Mundo do Brasil, o estádio apelidado de Itaquerão, deve receber mais cinco partidas oficiais, inclusive uma das semifinais do torneio.


    Comentários 0

    Síguenos en twitter
    Síguenos en Facebook

    Más leidas

    eAm
    Colombia
    Mexico
    Chile
    Argentina
    Peru

    Liga Brasileña 2013-14

    MP aguarda <b>laudo</b> para decidir se pede suspensão de obras da <b>Arena Corinthians</b>
    Arquibancada da <b>Arena Corinthians</b> não foi comprometida, diz <b>Odebrecht</b>