elEconomista.es
Brasil
37.362,92
-1,76%
4,1429
+0,01%
47,77
+7,28%
1.461,50
+0,14%

Inflação em julho recua e acumulado fica no teto da meta de 6,5%

Agência Brasil - 11:30 - 8/08/2014
comentarios

    O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) fechou o mês de julho em 0,01%, divulgou nesta sexta (8) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Com o resultado, a taxa acumulada em doze meses ficou em 6,5%, que é o teto da meta do governo.

    O indicador, que mede a inflação oficial, havia encerrado o mês anterior acumulando valor superior à meta, aos 6,52%, com uma alta de 0,4% em junho. Em julho do ano passado, o IPCA havia sido de 0,03%.

    As contribuições que se destacaram no mês de julho foram dos grupos transportes e despesas pessoais que puxaram a taxa para baixo. Em 2014, a inflação acumulada em sete meses está em 3,76%, acima dos 3,18% do mesmo período de 2013.


    Comentários 0

    Síguenos en twitter
    Síguenos en Facebook

    Más leidas

    eAm
    Colombia
    Mexico
    Chile
    Argentina
    Peru

    Liga Brasileña 2013-14

    Brasil espera sinalização europeia para fazer <b>oferta de acordo</b>
    La inflación se queda en el 0,01%, el mejor dato desde que gobierna Rousseff