elEconomista.es
Brasil
37.362,92
-1,76%
3,7722
+0,13%
47,77
+7,28%
1.231,75
0,00%

Balança comercial tem superávit de US$ 380 milhões na segunda semana de dezembro

Agência Brasil - 16:10 - 15/12/2014
comentarios

    A balança comercial brasileira registrou superávit (exportações maiores que importações) de US$ 380 milhões na segunda semana de dezembro. O valor resulta de saldo de US$ 4,120 bilhões em exportações e US$ 3,740 bilhões em importações.

    No acumulado do ano, no entanto, o resultado continua negativo em US$ 3,445 bilhões. Os dados foram divulgados hoje (15) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

    Apesar do resultado positivo, o governo estima déficit para o fechamento da balança comercial este ano. De acordo com diretor do Departamento de Estatística e Apoio à Exportação da pasta, Roberto Dantas, não há como reverter o saldo acumulado no vermelho. Será a primeira vez que a balança comercial fechará com déficit desde 2000.

    A média diária das exportações do acumulado do ano até a segunda semana de dezembro somou US$ 897,1 milhões, 5,7% inferior à registrada no mesmo período de 2013. Nas compras do Brasil no exterior, a média ficou em US$ 911,4 milhões, 4,3% abaixo da média de dezembro do ano passado.

    A receita com as vendas externas nas duas primeiras semanas de dezembro diminuiu para todas as categorias de produtos na comparação com o mesmo período do ano passado. A exportação caiu 24,1% para itens manufaturados, 9,3% para semimanufaturados e 5,9% para os produtos básicos.

    Entre os produtos manufaturados, recuaram as vendas de automóveis, motores e geradores, aviões, veículos de carga, motores para veículos, pneumáticos e autopeças. Nos semi-industrializados, caíram os ganhos com ouro, óleo de soja, celulose e ferro-liga. No grupo dos básicos, houve alta na receita obtida com minério de ferro, farelo de soja e carne bovina.

    Do lado das importações, a queda é explicada pela redução nos gastos com combustíveis e lubrificantes, equipamentos mecânicos, adubos e fertilizantes, siderúrgicos e veículos automóveis e componentes.

    Contenido patrocinado
    Otras noticias

    Comentários 0

    Síguenos en twitter
    Síguenos en Facebook

    Más leidas

    eAm
    Colombia
    Mexico
    Chile
    Argentina
    Peru

    Liga Brasileña 2013-14

    Redução de custos de exportação com Portal Único pode atingir R$ 22,8 bilhões
    BRICS.- Los BRICS lideran la salida de capitales ilícitos en el mundo desarrollado, según un informe