elEconomista.es
Brasil
37.362,92
-1,76%
4,1415
-1,06%
47,77
+7,28%
1.460,12
+0,01%

Empresa de Eike Batista suspende desenvolvimento em 3 campos de petróleo

elEconomistaAmerica - 12:36 - 1/07/2013
comentarios

    A OGX, empresa que concentra as atividades de exploração de petróleo no grupo comandado pelo bilionário Eike Batista, anunciou em comunicado ao mercado nesta segunda-feira (01) que vai suspender o desenvolvimento de três poços exploratórios no Campo de Tubarão Azul: o de Tubarão Tigre, Tubarão Gato e Tubarão Areia.

    Depois que a notícia se espalhou, os investidores correram para vender papeis da OGX e de outras empresas da EBX (holding conhecida como Grupo X) que despencaram na Bovespa. Por volta das 11h a OGX ON perdia (-37,97%), seguida da MMX ON (-10,20%) e da LLX ON (-7,07%) no podium das ações com pior desempenho.

    O fato relevante divulgado pela companhia à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) destacou que depois de concluir uma análise detalhada nos poços a empresa chegou a conclusão que "não existe, no momento, tecnologia capaz de viabilizar economicamente qualquer investimento adicional nesse Campo visando aumentar o seu perfil de produção".

    Além da paralisação do desenvolvimento de projetos, empresa relatou que vai capitalizar a OSX em US$ 449 milhões, que fará a construção de duas outras unidades destinadas no campo de Tubarão Martelo, onde a exploração de petróleo deve começar no fim de 2013.

    Depois do informe, a OGX terá que submeter a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP)  uma plano de revisão explicando as conclusões da análise  o motivo da paralisação dos projetos.


    Comentários 0

    Síguenos en twitter
    Síguenos en Facebook

    Más leidas

    eAm
    Colombia
    Mexico
    Chile
    Argentina
    Peru

    Liga Brasileña 2013-14

    <b>Abertis</b> no ve impacto por la congelación de las tarifas en <b>Brasil</b>
    <b>Empresa de Eike Batista</b> ocupa 3o lugar em lista que mede risco de <b>calote</b>, aponta Reuters