elEconomista.es
Brasil
Bovespa
37.362,92
-1,76%
USDBRL
3,2134
-0,01%
Crudo WTI
47,77
+7,28%
Oro
1.335,82
+0,98%

Senado terá CPIs para investigar HSBC e máfia das próteses

Agência Brasil - 14:37 - 27/02/2015
comentarios
    tagsMás noticias sobre:

    Dois requerimentos de criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPIs) foram lidos nesta sexta-feira (27), no plenário do Senado. O primeiro vai investigar denúncias de sonegação fiscal e evasão de divisas envolvendo o banco HSBC - que ficou conhecido como Swiss Leaks - e o segundo vai investigar denúncias sobre a existência de uma máfia para comercialização de próteses e órteses no país.

    O primeiro requerimento teve 33 assinaturas de senadores - seis a mais que o mínimo necessário. Segundo as denúncias que motivaram o pedido de CPI pelo senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), a filial do banco HSBC na Suíça ajudou clientes a esconder recursos que poderiam ter origem ilícita, além de possibilitar práticas de sonegação fiscal. Entre os correntistas envolvidos no esquema estão 8,7 mil brasieiros - o que não quer dizer que todos tenham praticado irregularidades.

    A maior parte dos senadores que assinaram o requerimento para criação dessa comissão é da base governista, mas há também assinaturas dos chamados independentes, como o PSB. Pelo requerimento, 11 titulares e seis suplentes vão integrar o grupo.

    A outra CPI foi proposta pelo senador Magno Malta (PR-ES) e vai investigar denúncias de que existe uma máfia atuando no país para a prescrição e colocação de próteses e órteses sem necessidade por médicos. A CPI das próteses vai ser composta por sete senadores titulares e cinco suplentes.

    A partir de agora, com base nas indicações que já podem ser feitas pelos partidos, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) fará as designações dos integrantes. As CPIs terão prazo de 180 dias para apresentar o resultado dos trabalhos.

    Otras noticias
    Contenido patrocinado

    Comentários 0


    Síguenos en twitter
    Síguenos en Facebook

    Más leidas

    eAm
    Colombia
    Mexico
    Chile
    Argentina
    Peru

    Liga Brasileña 2013-14

    Especialista prevê ações no STF contra benefício a cônjuge de deputados
    Aumentos na energia são passageiros, diz Dilma