elEconomista.es
Brasil
37.362,92
-1,76%
3,1921
+0,81%
47,77
+7,28%
1.279,40
-0,80%

Países do Brics planejam agenda de cooperação sobre questões populacionais

Agência Brasil - 14:24 - 10/02/2015
comentarios
    tagsMás noticias sobre:

    Uma agenda de cooperação do Brics (grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) sobre questões populacionais para o período 2015-2020 será adotada quinta-feira (12) após a 1ª Reunião de Ministros Responsáveis por Assuntos Populacionais do bloco.

    O plano de trabalho conjunto vai conter metas e princípios comuns em temas como mortalidade materna, aids e doenças sexualmente transmissíveis; migração rural-urbana e urbanização; envelhecimento e diferenças de gênero no mercado de trabalho.

    ''O objetivo é traçar as principais prioridades. No caso dessa reunião, no âmbito dos cinco países, que são ricos em população, os principais elementos da agenda passam pelo envelhecimento do povo, que é uma tendência mundial, a migração rural-urbana que já não ocorre tanto no Brasil, mas ocorre na Índia e na China, a questão das doenças sexualmente transmissíveis e da mortalidade materna'', disse o ex-ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos Marcelo Neri, que participou da abertura do 2º Seminário de Funcionários e Peritos em Questões Populacionais do Brics.

    Para o chefe da Divisão de Temas Sociais do Ministério das Relações Exteriores, Carlos Cuenca, o fato de os cinco países que compõem o Brics, por suas dimensões e importância no contexto internacional, se reunirem para tratar de população e desenvolvimento mostra a relevância desses temas. ''A mensagem que passamos é que a temática de população e desenvolvimento é importante e precisa se tratada''. Os cinco países do grupo representam cerca de 25% do Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos pelos países) mundial e abrigam aproximadamente 2,9 bilhões de habitantes.

    A reunião de ministros dos cinco países e o seminário de peritos em questões populacionais são resultado do plano de ação aprovado na 6ª Cúpula do Brics, em julho de 2014, em Fortaleza, e do 1º Seminário de Peritos da Área, em março do ano passado na África do Sul.

    Contenido patrocinado
    Otras noticias

    Comentários 0

    Síguenos en twitter
    Síguenos en Facebook

    Más leidas

    eAm
    Colombia
    Mexico
    Chile
    Argentina
    Peru

    Liga Brasileña 2013-14

    PF desarticula quadrilha que promovia imigração ilegal de brasileiros
    Começa na Itália novo julgamento de extradição de Pizzolato