elEconomista.es
Brasil
37.362,92
-1,76%
4,1956
-0,01%
47,77
+7,28%
1.467,65
-0,01%

Anatel registra queda de mais de 173 mil linhas de celulares no Brasil

Agência Brasil - 15:32 - 6/11/2013
comentarios
    tagsMás noticias sobre:

    No mês de setembro, foram registradas 173,6 mil linhas de celulares a menos do que em agosto. O número de linhas ativas chegou a 268,26 milhões no mês passado, queda de 0,06% em relação ao mês anterior, quando foram anotadas 268,44 milhões de linhas.

    João Rezende é indicado para recondução à Anatel


    Segundo a Anatel, a redução indica que as empresas fizeram uma ?limpeza? em suas bases de dados, retirando linhas que não estavam mais ativas. O procedimento foi feito em junho de 2006, quando a base de assinantes caiu de 92,3 milhões para 91,7 milhões. Os números consolidados pela agência são informados pelas operadoras de telefonia.

    A operadora Vivo registrou queda de 463,29 mil acessos entre agosto e setembro. Na TIM, a redução foi 31,74 mil acessos, e na Oi, 35,52 mil acessos. A Sercomtel registrou menos 14,71 mil acessos. As operadoras Claro, CTBC, Nextel, Portoseguro e Dartora apresentaram acréscimo no número de acessos.

    A teledensidade ficou em 135,28 acessos para cada grupo de 100 habitantes. A maioria dos acessos registrados em setembro (78,78%) foi a partir de linhas pré-pagas, e 21,22% são pós-pagos. A banda larga móvel totalizou 88,31 milhões de acessos, dos quais 552,63 mil são terminais 4G.


    Comentários 0

    Síguenos en twitter
    Síguenos en Facebook

    Más leidas

    eAm
    Colombia
    Mexico
    Chile
    Argentina
    Peru

    Liga Brasileña 2013-14

    <B>Brasil</b> necesita ayuda extra para asegurar el superávit
    <b>Alta dos preços para famílias</b> com renda até cinco salários mínimos varia 0,61% em outubro